quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Yuma Maniac Epilogo ~ More Blood



Monólogo
Em uma grande cidade que parecia tão pequena
Eu conheci o chefe milagrosamente, nesse momento,
Eu pensei que eu tive sorte.
Mas ... ... eu sou a vítima de um terrível destino.
Eu nunca o pedi.
Quando abri os olhos, vi um teto desconhecido
Ele mergulhou no meu campo de visão.
Eu tinha certeza de que eu tinha sido baleado
Este poderia ser o céu?
... ... Mas, é sujo.
Quando eu toco no meu corpo
Sinto que não tenho nenhum machucado.
De alguma forma, eu estou com vergonha de mim mesmo
Quando eles foram baleados, o choque
Parecia ter-me feito desmaiar.
Eu tive sorte de meu
Braço direito estar salvo, eu não sou digno de ser Urso.
Quando foi notado que eu tinha levantado,
Um homem se aproximou de mim.
Ele parecia estar realmente arrogante.
-Onde estou?
Eu perguntei, em contrapartida, eles alegaram que era um orfanato.
Por que estou aqui?
Onde estão meus amigos?
Nossos esconderijos? Chefe?
Tudo sumiu, o que aconteceu comigo.
Eu não sei uma única palavra.
Todos não paravam de falar comigo.
Ah, quantas vezes isto vai acontecer comigo
O meu paradeiro está desconhecido de novo?
Fim do monólogo; Flashback

Cena: Orfanato
Urso: ... ... ... ..
Menino: Ei, você.
Urso:  ... ... ... ...
Menino: Parece que você está vivo. Você não está suportando isto? Você tem sorte de estar aqui.
Urso: ... ... ... ... Bastardo
(Estávamos lutando contra o mundo, com o chefe... ...!)
Valentão: Você parece ser o único sobrevivente. Como você sobreviveu? Hm?
Você deixa seu chefe amado jogar fora sua vida, e o que ele fez para proteger?
Urso: (... ... Ele só está me provocando. É besteira.)
Não está relacionado a você, bastardo. Saia daqui.
Valentão: Oh realmente? Não me de ordens sem pensar nas conseqüências.
Você está chocado que seu chefe morreu em suas mãos?
Urso: ... ... ... ...
Valentão: Bem, não é necessário guardar rancor. Você já caiu na armadilha, não adianta. Hahaha!
Urso: ... ... ... ..
-Tela preta-
-Som de soco-
Urso: (Ninguém fala mal do Chefe)
-Som de soco-
Urso: (Você não entende o Chefe)
-Mais socos-
Urso: (Você não sabe que tipo de sentimentos chefe tinha ... ...!)
-Vários socos-

Cena: Cela do Orfanato
Guarda do Orfanato: Eh... ... come rapidamente, você está causando problemas. Refresque a sua
cabeça aqui.
Urso: ... ... Que desperdício, eu ia matar aquele bastardo.
… … Porra!!
-Som de soco na parede-
???: Aguarde. Por que você está batendo na parede assim?
Urso: ... ...! Quem!
???: Quem ... ... eu sou um sénior para você. Esta é a cela de punição. [Sênior significa um ano mais
velho]
Urso: ... ... O que você fez?
???: Hmm, eu me pergunto se o meu caso é o pior. Eles estão me impedindo de espionar.
Urso: ... ... O que quer dizer?
???: É um segredo. Há muitas razões por que estou aqui.
Urso: (... ... Esse cara é estranho)

???: Então, o que você fez? Tinha que ser algo extremo para que você possa ser trancado aqui, certo?
Urso: ... ... eu bati em um cara chato. Fui jogado aqui como castigo porque esse cara estava meio morto.
???: Haha, sério !?
Você não precisava quase assassinar o rosto do chefe da gangue só porque ele estava dizendo coisas
... ... mas você realmente fez isso?
Urso: O que?
???: Nada. Eu odiava aquele cara, ele mereceu de qualquer maneira. Obrigado.
Eu gostei de você. Ei, qual seu nome?
Urso: ... ... Urso.
??? : Urso? Você deve alterar esse nome.
Urso: É um apelido. Eu não sei ... ... meu nome real.
???: Você não sabe? Por quê?
Urso: Porque eu não me lembro.
???: Oh, eu entendo. Você perdeu sua memória? Bem. Hmm ... ... isso parece ser grave.
Urso: ... ... Hey. Você ainda não se apresentou.
Kou: Oh, isso é certo. Sou Kou.
É chato estar aqui. Estou contente por ter companhia comigo. Prazer em conhecê-lo, Urso-kun.
Urso: (. ... ... Esse cara é ainda estranho, mas ... ... eu falei depois de um longo tempo com ele)
(... ... ... ... Bem. Eu não tenho estado sozinho mais... ...)

Monólogo
Depois de chegar ao orfanato, eu estava cercado por pessoas
Eu não falei nada,
Exceto para Kou, nós compartilhamos muitas histórias
Nós conversamos.
Kou era um cara um pouco estranho,
Mas ele é fácil de falar,
Ele realmente era uma maravilha.
Acima de tudo, Kou foi como um Chefe
Você não pode esconder nada dele.
Para mim,
Eu senti como se eu fosse capaz de fazer amigos.
Fim do Flashback; Cena: Jardim

Yuma: ... ... Elas não estão florescendo.
Chefe, você ... ... tem rancor?
Eu quero herdar o seu sonho, você vai dar para mim ... ...?
Ruki: Ei, Yuma. ... ... Venha. Nós precisamos conversar.
Yuma: ... ... ... ...
Cena: Biblioteca da Escola
Yui: Err ... ... aqui... ...
(É bom estar na biblioteca)
(A Bíblia ... ... Eu não a peguei em um longo tempo. Eu a tinha deixado na casa Sakamaki)
(... ... Eu deveria lê-la aqui desde que eu não posso levá-la, embora, isto não vai mudar nada... ...)
(Eu odeio desistir e viver assim todos os dias)
(Pode ser inútil lutar, mas ... ... isso é tudo que posso fazer, não há nada a perder)
Yuma: O que você está fazendo, Porca. [Ele e Ruki deve ter tido alguma conversa ತಟತ]
-Tela Vibra-
Yui: Hyaa !!
-Barulho grande-
Yuma: Porra! Não grite na biblioteca!
Yui: M-me desculpe ... ... mas, você está bem?
Yuma: Idiota, eu estou bem. Pare de se preocupar comigo!
Yui: (Agora... ... as pessoas estão saindo, isso é bom)
Yuma: A aula terminou, não há razão para ficar. Venha, vamos!
Yui: Ah, espere um minuto. Eu quero pegar este livro.
Yuma: Hah? Tão incômodo. Basta levar a maldita coisa para casa sem permissão.
Yui: Isso é ruim! As regras são aplicadas quando você pega livros.
Eu só quero pedir, por favor, esperar um minuto.
Yuma: Tch ... ... eu vou estar lá fora. A atmosfera aqui é ruim de qualquer maneira. Olhe, você tem
15 segundos... ...
... ... Que livro é esse?
Yui: Oh ... ...
Yuma: ... ... ... A Bíblia ...?
Ei ... ... por que você quer ler isso?
Yui: P-porque ... ... Eu quero estudar um pouco. Sobre Irmãs... ...
Yuma: Aah ... ...?
Yui: Não te disse que era o meu sonho? Pode ser impossível, mas eu odeio que... ...
Yuma: Então ... ... a Bíblia?
Yui: (P-porquê ... .. Por que é que Yuma-kun está tão irritado?)
-Yuma bate em Yui- [Que isso jovem? Não use agressão em uma mulher]
Yui: Au ... ...!
Yuma:  Eu disse a você, que é um desperdício!
Yuma: Além disso, você estava tentando lê-la nas minhas costas ... ... você está me enganando
!? AAH !?
Você realmente tem a intenção de ser uma santa! VOCÊ é isca para vampiros, DESISTA DO SEU
SONHO !!
Yui:  Y-Yuma, kun ... ...?
Yuma: Cale a boca, CALE A BOCA !!
-Tela Vibra-
Yui: (Aah ... ...Por que ele está tão zangado ... ... !?)
Yuma: O seu sonho não pode se tornar realidade!
Foi decidido no momento em que seu sangue começou a fluir através do seu corpo! Isto...!
Você é burra por ainda continuar lutando! É uma monstruosidade... ... Argh !!
Yui: Uuh ... ...!
Yuma: Não... ... você não precisa tê-lo em tudo?
Sugando o seu sangue como está, dedicado a sugar ... ... tanto que você vai ser o mesmo vampiro que
eu.
Nunca pense sobre como se tornar uma Irmã novamente.
Yui: (Yuma-kun ... ... por que ... ... ?)
(Quando ele fala sobre sonhos, ele diz para nunca desistir ... ...)
Aah ... ...!
Yuma: ... ... *Morde* ... ...
O sonho ... ... é inútil.
Não importa o que eu tente, nunca se tornará realidade para mim ... ...

Autora: Marina Victoria [Link]

Um comentário:

  1. "Não importa o que eu tente, nunca se tornará realidade para mim ... ..." Só pq não vai ser p vc não precisa ser o mesmo pra ela, yuma passou do nível do ridículo nesse capítulo! (Tudo bem que ela tmb não ia conseguir realizar, mas deixa ela se iludir kkkk)

    ResponderExcluir